ASSESMIG




ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA DOS MUNICÍPIOS DO SUL E SUDOESTE DE MINAS GERAIS

 

            A Associação Esportiva dos Municípios do Sul e Sudoeste de Minas Gerais ASSESMIG, é a promotora e organizadora dos Jogos da Juventude nas categorias Sub 11, Sub 13, Sub 15, Sub 17, Sub 23, nas modalidades de Atletismo, Judô, Natação, Basquetebol, Futebol, Futsal, Handebol e Voleibol.

            Foi criada em 07 de setembro de 1989, como Associação dos Jogos da Juventude do Sudoeste de Minas ''AEMS'', idealizada pelos Professores Professores, Amarino Anor Amadeu (Atual Presidente) de Três Corações, Carlos Alberto dos Santos de Poços de Caldas, Marcelo Campos Machado de Passos e Rui Martins Alves Pereira de Itajubá.

            Homologada em 06 de agosto, posteriormente registrada em 10 de agosto de 1994.

            Declarada de Utilidade Pública, pela Lei Municipal Nº 5.874, de 05 de maio de 1995 / Poços de Caldas - MG.

            Declarada de Utilidade Pública, pela Lei Municipal Nº 2.271, de 22 de novembro de 2001 / Passos - MG.

            Declarada de Utilidade Pública, pela Lei Estadual Nº 18.230, de 1º de Julho de 2009.

            Atualmente, cerca de quarenta municípios participam das atividades da ASSESMIG, a maioria sendo da região sul/sudoeste, e ainda, Arcos e Lagoa da Prata no Centro Oeste, São João João Del Rei dos Campos das Vertentes.

            Sua sede ficou localizada em Poços de Caldas, até 1997, com a grande e indispensável colaboração do Senhor Luiz Antonio de Campos, na época Secretário Municipal de Esportes de Poços de Caldas. No mesmo ano o então Presidente Carlos Alberto dos Santos, afastou - se do cargo, assumindo o Vice - Presidente, Marcelo Campos Machado, transferindo a sede para Passos, local onde se encontra desde 1998.

            A finalidade da criação dos Jogos da Juventude, era a formação da base das equipes dos municípios para a disputa do JIMI Jogos do Interior de Minas, pois não haviam ''peças'' de reposição e sempre os mesmos atletas participavam dessa competição, e os atletas mais novos, tinham poucas chances de integrar as equipes de suas cidades. Assim, os atletas que fossem nascidos no município, os "pratas da casa", seriam mais valorizados.

Copyright © 2012 - Todos os direitos reservados